Açúcar: contratos futuros fecham em queda

Os contratos futuros do açúcar demerara desvalorizaram nesta quarta-feira (4) na bolsa de Nova York. O lote com vencimento para outubro/19 foi firmado em 11.01 centavos de dólar por libra-peso, queda de 18 pontos. Já os contratos para março/20 fecharam em 12.04 centavos de dólar por libra-peso, queda de 13 pontos.

Leia também: Incêndios em zonas rurais: como combater os focos?

O açúcar branco, negociado na bolsa de Londres, também desvalorizou nesta quarta-feira. Os contratos para outubro/19 fecharam em US$ 303,20 a tonelada, queda de 1,20 dólar. O lote para dezembro/19 encerrou o dia em US$ 310,80 a tonelada, baixa de 2,40 dólares. Os outros vencimentos caíram entre 2,90 e 4,80 dólares.

O açúcar no Brasil 

No mercado interno, o cristal fechou em baixa pelos índices do Cepea/Esalq, da USP. A saca de 50 quilos foi comercializada ontem em R$ 61,03, desvalorização de 0,52% no comparativo com a véspera.

Açúcar demerara desvaloriza nas bolsas

Etanol

Dados publicados pela ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis) e compilados pela Unica (União da Indústria de Cana-de-Açúcar) indicam que o consumo de combustíveis da frota de veículos leves, em gasolina equivalente, atingiu 4,53 bilhões de litros no mês de julho.

Esse volume representa o maior valor mensal registrado em 2019 e um crescimento de 9,92% quando comparado ao mesmo período do ano passado.