Conecte-se conosco
 

Sem categoria

Açúcar: preços reagem e fecham com alta de 33 pontos na bolsa

Publicado

em

Açúcar: até final de abril 19,2 milhões de t já estavam fixadas

Os preços do açúcar reagiram nas bolsas internacionais nesta terça-feira (28). Em Nova York a commodity subiu 33 pontos nos lotes negociados no vencimento março/20, com negócios firmados em 14.54 centavos de dólar por libra-peso. Na tela maio/20, os preços fecharam em 14.40 cts/lb, alta de 27 pontos. Os demais lotes do demerara na Ice Future fecharam em alta que oscilou entre 3 e 24 pontos.

Londres também viu a commodity se valorizar em todos os vencimentos. Na tela março/20 o açúcar branco fechou cotado em US$ 405,40 a tonelada, valorização de 10,10 dólares no comparativo com a véspera. Já a tela maio/20 foi negociada em US$ 398,70 a tonelada, alta de 7,30 dólares. Nos demais vencimentos o aumento oscilou entre 3,90 e 6 dólares cada lote.

O açúcar no Brasill

Após quatro dias seguidos de alta os preços do açúcar no mercado interno, medidos pelo Cepea/Esalq, da USP, caíram nesta terça-feira. A saca de 50 quilos do tipo cristal foi negociada ontem em R$ 76,25, retração de 0,25% no comparativo com a véspera.

De acordo com análise do Cepea, a restrição da oferta do açúcar cristal e a demanda mais aquecida têm elevado os preços no mercado spot paulista neste período de entressafra 2019/20.

“Com as altas recentes, o Indicador CEPEA/ESALQ chegou à casa dos R$ 76,00 por saca de 50 kg na sexta-feira, 24, patamar nominal que não era observado desde o início de junho de 2017. Com relação ao volume de negócios captado pelo Cepea, observou-se uma redução. Usinas têm restringido as quantidades ofertadas, em especial para o cristal Icumsa 150”, destacaram os analistas do Cepea.

Mas. Desse modo. Mas. 

Continue Reading