CBio: commodity ambiental ou ativo financeiro? 

0
100

Acontece hoje, em Brasília, o encontro que visa discutir se os Cbios (Créditos de Descarbonização) que serão comercializados no âmbito do RenovaBio serão uma commodity ambiental ou um ativo financeiro.

De acordo com o secretário de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis do MME (Ministério do de Minas e Energia), Márcio Félix, a reunião pretende chegar a um acordo sobre qual forma será adotada. No entanto, de uma forma ou de outra, será um produto comercializado em bolsa, acrescentou.

Segundo Félix, a reunião contará com representantes da B3, do Banco Central, da Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima), da Federação Brasileira de Bancos (Febraban), do Ministério da Economia e do MME.

Ainda em seu discurso, o secretário fez uma referência indireta ao movimento de jovens iniciado nos países nórdicos que protestam contra a crise climática.

“Aquela garota ou garoto que está em algum lugar do mundo, talvez na Escandinávia, que queira fazer alguma coisa boa para o planeta, pode simplesmente, pela internet, comprar um CBio e retirar 1 tonelada de carbono do planeta”, disse.