Dicas e Novidades

GUSTAVO JUNQUEIRA É O NOVO SECRETÁRIO DE AGRICULTURA E ABASTECIMENTO DE SÃO PAULO

O ex-presidente da SRB (Sociedade Rural Brasileira) Gustavo Diniz Junqueira é o novo secretário de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, na gestão do governador eleito de São Paulo, João Dória. De vínculo familiar histórico com a agricultura, Junqueira é produtor de cana-de-açúcar, soja e pecuária de corte em São Paulo, Minas Gerais e no Pará. Para assumir a pasta, Junqueira deve reavaliar sua participação como sócio-diretor da Brasilpar Investimentos, empresa de assessoria financeira, e sua presença como conselheiro em assentos dos conselhos de administração da Rumo, principal companhia ferroviária da América Latina, e das empresas Eztec Construtora e Moinho Paulista.

Com a indicação, João Doria traz para o Governo de São Paulo um executivo com estreitas relações empresariais e financeiras no Brasil e na comunidade internacional, para abrir oportunidades de negócios para o agro paulista, considerado hoje um dos mais sofisticados do País. “O mundo do agro tem na pessoa do Gustavo Junqueira uma jovem e renomada liderança, disse o futuro governador.

IRBI DESENVOLVE SISTEMA DE APRESENTAÇÃO DE CANA DESFIBRADA EM ESTEIRA

/Atendendo a demanda por novas tecnologias do segmento sucroalcooleiro, a IRBI desenvolveu o Sistema de Apresentação de Cana Desfibrada em Esteira – o SACE, que é a união do Sistema de Apresentação de Cana Desfibrada em Esteira da IRBI com o espectrômetro FT-NIR, o que resulta num sistema completo para a preparação e análise de amostras. Projetado para processar e compactar a cana desfibrada usando uma esteira transportadora até a cabeça de emissão para a análise em FT-NIR, o método é ideal para a análise rápida diretamente no recebimento de cana em usinas onde as sondas de amostragem são utilizadas. O sistema é semiautomático e adequado para ser usado por funcionários com treinamento básico, processando até 350 amostras por dia. Ele ainda pode ser usado em análises de Brix, Pol e Fibra (Tanimoto e PBU) em cana desfibrada.

A tecnologia foi submetida a testes durante a Safra 2017/18 em uma usina da região de Ribeirão Preto, SP, com acompanhamento do grupo técnico do Consecana, SP. Durante esse período, foram analisadas mais de 7 mil amostras com intuito de construir e validar as curvas de calibração para os parâmetros POL, Brix e Fibra (Tanimoto e PBU). A IRBI Máquinas atua há mais de 65 anos no mercado. A empresa, que é comandada pela terceira geração da família através do engenheiro Paulo Sérgio Biagi, também desenvolve projetos personalizados.

ABAG/RP REALIZA EVENTO PARA PREMIAR OS MELHORES DO PROGRAMA EDUCACIONAL “AGRONEGÓCIO NA ESCOLA” 2018

O Programa Educacional “Agronegócio na Escola” tem contribuído ao longo dos anos para mostrar que a educação não acontece apenas em sala de aula, com os conteúdos regulares dos livros e apostilas escolares. Acontece também quando um tema é proposto e a partir dele são desenvolvidas atividades fora da escola, propiciando a interação entre as mais diversas disciplinas. Em 2018, participaram do Programa da ABAG/RP 181 escolas públicas, de 57 municípios da região de Ribeirão Preto, atingindo 667 professores e mais de 24 mil alunos.

Uma boa parte dos professores e alunos estiveram presentes nos diversos eventos e atividades realizados pela ABAG/RP. Foram cerca de 700 horas de atividades, entre palestras e visitas, e mais de 24 mil trabalhos de alunos e professores inscritos nos concursos: Redação, Frase, Desenho, Feira do Conhecimento e Prêmio Professor. Para celebrar e premiar os que mais se destacaram no ano, a ABAG/RP realizou o evento de encerramento do projeto.

De acordo com a ABAG/RP, o momento serve para os educadores trocarem experiências, renovarem ideias e verem seus alunos brilhando. E para os jovens, sentimento de orgulho por poderem mostrar o que aprenderam. Ao final a escola que somou mais pontos pelo melhor desempenho de seus professores e alunos recebeu o “Prêmio Escola”. Em 18 anos, o Programa Educacional “Agronegócio na Escola” atingiu a marca de mais de 3 mil professores e 238 mil alunos envolvidos.

ORPLANA LANÇA MUDA CANA PARA OS PRODUTORES DO OESTE PAULISTA

A Orplana (Organização de Plantadores de Cana da Região Centro-Sul do Brasil) lançou oficialmente o Projeto MUDA. O programa visa a capacitação contínua de agricultores e associações ligadas à entidade. A base para o funcionamento do MUDA Cana será o aplicativo “Farming Solution”, disponibilizado pela Solidaridad Network. O software permite aos produtores rurais encontrar as informações necessárias para a melhoria de suas práticas, sejam elas de gestão, sustentabilidade, riscos ou produtividade.

O gestor executivo da Orplana, Celso Albano de Carvalho, explica que o “Farming Solution” promoverá autonomia aos agricultores para identificar, planejar melhorias e monitorar o progresso em suas fazendas ao longo do tempo. “Com a liberação desse aplicativo, o MUDA Cana entra em sua plenitude. Através dele, o agricultor irá saber qual seu nível de maturidade de gestão. Com essas informações em mãos, os técnicos das associações iniciarão com ele o processo de melhoria contínua em sua propriedade. ”

Para 2019, a expectativa da Orplana é colocar em prática mais uma fase do MUDA Cana: a “faculdade do produtor rural”. A plataforma EAD (Ensino à Distância) reunirá profissionais renomados que abordarão temas como: técnicas agrícolas, riscos na área comercial, precificação e a metodologia do Consecana. O programa deve, ainda, fornecer informações para o produtor realizar compras de maneira adequada, gerir suprimentos, melhorar os indicadores de produtividade e conhecer as legislações trabalhista, ambiental e tributária.