Entidade defende certificação socioambiental da cana do fornecedor

Plantadores de Cana no Brasil passam a contar com a certificação ProAR para qualificar e deixar viável a sua produção para o mercado de carbono dentro e fora do país

O lançamento ocorreu ontem (9), na Paraíba, na sede da Asplan, entidade pioneira na iniciativa. Sendo assim, agora o produtor de cana paraibano passa a contar de forma pioneira no País com a certificação (ProAR) de suas práticas socioambientais para habilitá-lo no mercado de crédito de carbono nacional e internacionalmente.

Além disso, o projeto tem como intuito qualificar seus negócios em CBios, do RenovaBio. O lançamento do ProAR,

“Dada as vantagens econômicas e ambientais, acreditamos que o ProAr deva se espalhar pelos canaviais do País. Em Pernambuco, por exemplo, a Associação dos Fornecedores de Cana (AFCP) já está em tratativa com a consultoria responsável por executar o ProAR. E também por conduzir o trabalho de certificação”, disse o presidente da Federação dos Plantadores de Cana do Brasil, Alexandre Andrade Lim Lima.