Etanol: vendas somaram 1,32 bilhões de l

 Nos primeiros quinze dias de novembro, as vendas de etanol pelas unidades produtoras do Centro-Sul somaram 1,38 bilhão de litros.

As vendas de etanol hidratado continuam aquecidas no mês e novembro. Dados do levantamento da Unica (União da Indústria da Cana-de-açúcar) mostram isso. Nos primeiros quinze dias de novembro, as vendas de etanol pelas unidades produtoras do Centro-Sul somaram 1,38 bilhão de litros. Desse valor, 1,32 bilhão de litros foram destinados ao mercado interno e apenas 62,56 milhões de litros para exportação.

Do total comercializado no mercado doméstico, 371,78 milhões de litros referem-se ao etanol anidro e 948,83 milhões de litros ao etanol hidratado. No caso do etanol hidratado, esta cifra representa um crescimento de 4,59% sobre o resultado apurado na mesma quinzena de 2018 (907,21 milhões de litros).

Segundo o diretor técnico da Unica, Antonio de Pádua Rodrigues, as vendas de etanol hidratado continuam aquecidas e só não foram maiores porque na primeira quinzena do mês se observa um menor número de dias úteis.

LEIA TAMBÉM

Novembro tem mais uma alta na produção de etanol

“Se realizarmos a comparação das vendas diárias, é possível observar que houve um crescimento de 1,2% nas vendas no início de novembro na comparação com o volume registrado no final de outubro, confirmando a tendência de alta observada nos últimos meses”, acrescentou o executivo.

No acumulado desde abril até 16 de outubro, o volume de hidratado comercializado pelas unidades do Centro-Sul alcançou um crescimento expressivo de 13,38%, atingindo 14,68 bilhões de litros.

“Mantido o comportamento observado até o momento, vamos registrar safra com produção recorde de etanol. Até agora observamos um incremento de 2,39 bilhões de litros na produção de etanol, que já permitiu uma ampliação de 2,29 bilhões de litros nas vendas do biocombustível pelas unidades do Centro-Sul”, finaliza Rodrigues