Compartilhar

Nesta segunda-feira, a Petrobras divulgou alta do valor da gasolina nas refinarias de R$ 0,16 por litro. O combustível será comercializado por R$ 2,69, o que corresponde a uma alta de quase 6%. O diesel também terá um reajuste de 4%, de R$ 0,10 por litro de diesel, que passa a ser vendido a R$ 2,81.

Os preços seguem a alta do petróleo no mercado internacional. O preço do diesel não era reajustado desde o início de maio. A demora para a elevação de preços havia sido criticada por algumas entidades como a Associação Brasileira dos Importadores de Combustíveis (Abicom), que acusou a Petrobras de manter uma “elevada” defasagem dos preços da gasolina e do óleo diesel, em relação ao mercado internacional.

Até agora, a gasolina brasileira estava quase 12% mais barata do que a comercializada no exterior e o óleo diesel, 7%. De acordo com Sérgio Araujo, presidente da Abicom, a valorização dos derivados no mercado internacional amplia defasagens. “A alta pressiona os preços domésticos de combustíveis e operações de importação seguem inviabilizadas”, afirmou.

Os novos preços começam a valer a partir de terça, 06 e é o primeiro aumento no valor fixado pela estatal desde que o novo presidente da empresa, general Joaquim Silva e Luna, assumiu o cargo.

Cadastre-se em nossa newsletter