Compartilhar

O dia foi novamente de preços acentuadamente mais altos para o etanol no mercado físico paulista. Em Ribeirão Preto, o etanol hidratado teve preço de R$ 3,58 o litro, alta de 3,77%. Já o anidro teve preço de R$ 3,53 o litro, valorização de 4,44%.

Segundo o analista da consultoria Safras & Mercado, Maurício Muruci, em todas as regiões produtoras as vendas têm sido marcadas por avanços com base na quebra da safra atual do Centro-Sul, junto a um início de produção lento das usinas do Centro-Oeste.

“Muitas distribuidoras apresentam um nível importante de demanda represada, que aguarda uma queda sazonal nos preços para que seja suprida. Porém, como a tendência é de forte redução na oferta de etanol ao longo da temporada, é elevada a possibilidade que a pressão sazonal de aumento da oferta seja traduzida apenas como um momento de saturação dos ganhos e estabilidades nos preços por um período entre uma a duas semanas. Como o mercado exportador se encontra aquecido no curto prazo e a Região Nordeste firme nas compras por conta da entressafra local, ainda mais com as margens curtas de arbitragem para importação, é provável que, mesmo frente a uma eventual estabilidade de curto prazo, os preços voltem a subir”, explicou o analista.

Cadastre-se em nossa newsletter