Preços futuros do açúcar fecham em baixa

Os contratos futuros do açúcar fecharam em baixa nesta sexta-feira (30). Em Nova York os contratos para outubro/19 foram firmados em 11.14 centavos de dólar por libra-peso, queda de 7 pontos. A tela para março/20 fechou em 12.23 centavos de dólar por libra-peso, recuo de 8 pontos.

“Nota-se que qualquer tímida recuperação de preços no mercado futuro de NY é suficiente para que os fundos adicionem mais contratos vendidos, a ponto de hoje estarem – com base no número apurado na terça-feira e divulgado na sexta pelo CFTC – com uma posição global de 181 mil contratos (equivalentes a 9,2 milhões de toneladas de açúcar vendidos a descoberto).

Acredita-se que com a movimentação havida de quarta-feira para cá, a posição vendida dos fundos é recorde. O açúcar oscila ao sabor dos fundos, dos algoritmos, dos robôs e dos negociadores de alta frequência”, explica o diretor da Archer Consulting, Arnaldo Luiz Corrêa.

Em Londres, os papéis para outubro/19 fecharam em US$ 301,60 a tonelada, queda de 2,70 dólares. Os contratos para dezembro/19 encerraram o dia em US$ 311,30 a tonelada, recuo de 3,70 dólares. Os demais lotes desvalorizaram entre 3,20 e 4,90 dólares.

Mercado doméstico

Em São Paulo, o indicador diário do açúcar cristal Cepea/Esalq caiu 0,16%, quando comparado à véspera e fechou em R$ 61,26 a saca de 50 kg. No entanto, no acumulado do mês, o indicador valorizou 4,43%.