RenovaBio atinge 15 milhões de CBIOs e garante disponibilidade para cumprimento de metas

O RenovaBio atingiu hoje, 19 de novembro, a marca de 15 milhões de CBIOs validados na Plataforma CBIOs. Tal marca tem especial relevância, pois garante a disponibilidade de CBIOs para o cumprimento do total de 14,9 milhões de CBIOs estabelecido como meta para os anos de 2019 e 2020 pelas Resoluções nº 15, de 2019, e nº 8, de 2020, do Conselho Nacional de Política Energética (CNPE).

Os distribuidores de combustíveis fósseis (gasolina e óleo diesel), partes obrigadas ao cumprimento de metas individuais no RenovaBio, já totalizaram a compra de 8,3 milhões de CBIOs, aproximadamente 56% da meta total de 14,9 milhões.

O RenovaBio registra até hoje a aposentadoria de aproximadamente 456 mil CBIOs. A aposentadoria de um CBIO ocorre quando seu detentor o retira definitivamente do mercado, impedindo qualquer negociação futura.

O cumprimento das metas individuais dos distribuidores de combustíveis se dá pela quantidade de CBIOs por eles aposentados. Apesar de terem até 31 de dezembro de 2020 para cumprir as metas individuais, alguns distribuidores já comprovaram o atendimento das metas estabelecidas para os anos de 2019 e 2020.

O RenovaBio é a política nacional instituída com o principal objetivo de estimular a produção e consumo de biocombustíveis no Brasil, baseada na previsibilidade, sustentabilidade ambiental, econômica e social, e de reduzir as emissões de gases de efeito estufa na matriz de combustíveis.

A ANP é um dos órgãos que participam do RenovaBio, em linha com seu compromisso com a descarbonização e a contribuição para que o Brasil cumpra os acordos do Protocolo de Paris.