RenovaBio: usinas goianas recebem certificação

CRV Industrial e a Cooper-Rubi recebem certificação da ANP

Duas usinas goianas, a CRV Industrial e a Cooper-Rubi, foram certificadas para a emissão de Créditos de Descarbonização (CBios) pela Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). Com isso, as unidades já podem firmar acordos com o Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro) para o registro de notas fiscais referentes aos volumes certificados e começar efetivamente a emitir os seus CBios.

De acordo com a legislação, cada CBio equivale a uma tonelada de carbono a menos a ser emitida na atmosfera, portanto, além de ser um novo produto para comercialização, as unidades reafirmam o compromisso para a redução de carbono na atmosfera, já que o produto é uma compensação a venda de combustíveis fósseis e poluentes.

O diretor-executivo da CRV Industrial, Alberto Rodrigues, afirma que o Renovabio é mais do que um instrumento de mercado. “Representa um enorme avanço das políticas públicas voltadas para o meio ambiente e reforça o compromisso brasileiro com a redução dos gases de efeito estufa e de combate ao aquecimento global. Nós, do setor sucroenergético, somos fundamentais nesse processo,”.

Para o diretor -presidente da Cooper –Rubi, Paulo Antônio Cavalcanti de Morais, “mais importante do que a possibilidade de negociar os Créditos de Descarbonização é o reconhecimento de que nossa atividade contribui efetivamente para o meio ambiente e, consequentemente, para a melhoria da qualidade de vida das pessoas.”