fbpx
Início Notícias Usina investirá R$ 1 bi em nova usina de etanol de milho

Usina investirá R$ 1 bi em nova usina de etanol de milho

Compartilhar

A sucroalcooleira CerradinhoBio, de Chapadão do Céu (GO), anunciou hoje um investimento de R$ 1 bilhão em uma segunda usina de produção de etanol a partir do processamento de milho, desta vez em Maracaju, em Mato Grosso do Sul.

A companhia já possui uma unidade de processamento de milho que é anexa à sua usina de etanol de cana em Goiás e que será expandida a partir de setembro, como já informou o Valor. O negócio de processamento de milho para a produção de etanol e também de DDGs e óleo de milho, usados para ração animal, está hoje alocado na empresa Neomille, subsidiária da CerradinhoBio.

Diferentemente da planta goiana, a nova usina em Mato Grosso do Sul processará apenas milho (“full”). A unidade terá capacidade de processar 1,1 milhão de toneladas de cereal por ano e de produção de aproximadamente 510 milhões de litros de etanol. As obras para o novo empreendimento começarão no primeiro semestre de 2022, com a conclusão prevista para o segundo semestre de 2023.

Paulo Motta, CEO da CerradinhoBio, justificou que a escolha de Maracaju para erguer a nova planta se deveu à localização favorável para obter a matéria-prima e para escoar os produtos, e ao ambiente de negócios favorável proporcionado pelos governos estadual e municipal.

“Maracaju é a maior produtora de milho do Estado e possui condições favoráveis para aquisição de biomassa e comercialização de coprodutos. O milho da região, que predominantemente é exportado, agora, a partir deste projeto, será processado em Maracaju e gerará valor à cadeia e economia local”, afirmou o executivo, em nota.

A Neomille já firmou contrato garantindo compra de 100% da biomassa para suprimento dos primeiros anos de operação da nova usina, além de um termo com o governo do Estado do Mato Grosso do Sul.

Em 2023, quando a expansão da unidade de Goiás e a nova usina sul-matogrossenses já tiverem prontas, a Neomille terá capacidade de processar 1,85 milhão de toneladas de milho por ano e produzir 840 milhões de litros de etanol. Somada à produção da cana da CerradinhoBio, a capacidade total de produção do biocombustível irá para 1,36 bilhão de litros anuais.

Chinese (Simplified)EnglishPortugueseSpanish