Compartilhar

As cotações do açúcar na Bolsa de Londres encerraram a sessão desta segunda-feira (15) com alta moderada, mesmo sem o referencial bruto no terminal de Nova York, fechado por conta do feriado do Dia do Presidente nos EUA.

O açúcar branco em Londres saltou 0,84%, cotado a US$ 456,40 a tonelada.

Depois de queda na última sessão acompanhando as expectativas de superávit global no mercado do adoçante, o dia foi de ajuste de posições no terminal europeu. Além disso, a alta de mais de 1% do petróleo contribuiu para os ganhos.

“Vimos baixa volatilidade nos últimos meses. Isso significa que o mercado está equilibrado e os preços que vemos hoje estão em linha com a situação do mercado”, disse para a Reuters o vice-primeiro-ministro russo, Alexander Novak, sobre o mercado do petróleo.

O mercado do óleo testou máximas de 13 meses na sessão desta segunda-feira com expectativas relacionadas com a retomada da demanda pelo avanço da vacinação contra o coronavírus no mundo.

Apesar da alta, depois de alcanças máximas de quatro anos na última semana, o mercado do açúcar pode ter chegado a um piso neste momento, segundo alguns analistas. “A ação do mercado parece um pouco cansativa”, apontou à Reuters o analista da Marex Financial, Robin Shaw.

Mercado interno

O Indicador CEPEA/ESALQ do açúcar, cor Icumsa de 130 a 180, mercado paulista, fechou com queda de 0,73%, a R$ 104,92 a saca de 50 kg na sexta-feira (12).

Cadastre-se em nossa newsletter