Compartilhar

A trading de commodities agrícolas norte-americana Bunge elevou nesta quarta-feira suas perspectivas para os lucros ajustados no ano completo, ao reportar um salto de 41% nos ganhos trimestrais, com impulso de sua atuação no agronegócio.

A companhia espera agora que o lucro ajustado no ano de 2021 seja de pelo menos 8,50 dólares por ação, ante estimativa anterior de cerca de 7,50 dólares por ação.

Os resultados da Bunge oferecem uma noção de como as grandes tradings globais de grãos estão emergindo da pandemia de Covid-19, que causou grandes mudanças nas cadeias de alimentos e combustíveis, já que consumidores passaram a cozinhar mais em casa e evitaram viagens desnecessárias.

O balanço também reflete um cenário positivo reportado pela rival Archer Daniels Midland, que divulgou na véspera um salto de quase 52% em seus lucros no primeiro trimestre do ano fiscal.

A Bunge afirmou que seu lucro líquido ajustado no trimestre encerrado em 30 de junho avançou para 398 milhões de dólares, ou 2,61 dólar por ação, ante 282 milhões de dólares (ou 1,88 dólar por papel) em igual período do ano anterior.

Cadastre-se em nossa newsletter