Compartilhar

Os contratos futuros do açúcar fecharam esta terça-feira (24) em baixa nas bolsas internacionais. Segundo analistas ouvidos pela Reuters, a baixa foi influenciada com notícias de que usinas indianas fecharam acordos para exportação da commodity sem subsídios do governo.

Na ICE, de Nova York, o vencimento março/21 fechou cotado em 15.04 centavos de dólar por libra/peso, baixa de 11 pontos no comparativo com a véspera. Já a tela para maio/21 fechou em 14.13 cts/lb, redução de 12 pontos. Os demais contratos se desvalorizaram entre 1 e 10 pontos.

Em Londres o açúcar branco foi negociado nesta terça-feira em US$ 408,60 a tonelada, recuo de 2,90 dólares no comparativo com o dia anterior. Já a tela para maio/21 foi negociada em US$ 400,70 a tonelada, baixa de 1,80 dólar.

Os demais contratos fecharam em baixa que oscilou entre 10 cents e 1,10 dólar, à exceção do lote para dezembro/21 que subiu 10 cents de dólar e o lote março/22 que fechou estável.

O açúcar cristal também fechou em alta pelo indicador Cepea/Esalq, da USP, negociado em R$ 108,96 a saca de 50 quilos, valorização de 0,26% no comparativo com os preços praticados na véspera. No mês o indicador já acumulou alta de 8,30%.

Cadastre-se em nossa newsletter