Compartilhar

A Raízen, uma das principais empresas de energia do país, apresentou na noite de hoje (11/11) suas expectativas para a safra 2021/22, que começou em 1º de abril e se estenderá até 31 de março do ano que vem. A companhia projeta investimentos de R$ 7,55 bilhões até o fim da temporada, com a perspectiva de obter lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) entre R$ 10 bilhões a R$ 11 bilhões.

Na operação agroindustrial, a companhia calcula processar até 77 milhões de toneladas de cana-de-açúcar, o que irá necessitar R$ 5,5 bilhões em investimentos. Com isso, no segmento de combustíveis renováveis, a previsão é que o Ebitda ajustado fique entre R$ 4,1 bilhões a R$ 4,4 bilhões em Ebitda ajustado. Para o açúcar, a projeção para o índice é de R$ 2,4 bilhões a R$ 2,6 bilhões.

Cadastre-se em nossa newsletter